A Hiperatividade em contexto escolar e familiar

https://psicologagabrielaklaus.files.wordpress.com/2013/05/hiperatividade-4.jpg


«Agitação, impulsividade, inquietude, desorganização, imaturidade, irresponsabilidade, relacionamento social pobre, inconveniência social, problemas de aprendizagem, falta de persistência, preguiça, são apenas algumas das características com frequência atribuídas a estas crianças. Crianças, adolescentes e adultos diagnosticados com PHDA são frequentemente rotulados de "problemáticos" ou "irresponsáveis“» (Lopes, 2004).

«É frequente encontrarmos pais e professores desesperados face a estas situações e, principalmente, pouco preparados para as enfrentar de forma a minimizar as consequências» (Monteiro, 2011).

Admitindo-se que 7 a 8% das crianças portuguesas são hiperativas e que o diagnóstico é feito na idade escolar, então a problemática destas crianças a todos nos envolve, direta ou indirectamente.

http://maisinclusao.files.wordpress.com/2010/04/imagem_saibamais.jpg

Nenhum comentário: